Como economizar o consumo de dados no Windows 10

Com a chegada do Windows 10 vieram muitas novidades, a maioria delas muito boas e algumas não tão boas assim, principalmente para quem precisa usar o plano de dados do celular ou possui algum modem 3G ou 4G, o problema é que no Windows 10, o usuário não pode desabilitar as atualizações de sistema, ou seja, se precisar usar o seu plano de dados o Windows vai atualizar automaticamente, devorando todo o seu plano, hoje vamos mostrar como economizar o consumo de dados Windows 10. Para isso vamos configurar a conexão para que ela se torne uma Conexão Limitada

1 – Quando estiver conectado em sua rede Wi-fi pelo celular ou até mesmo em casa, clique no ícone da conexão Wi-fi

conexaolimitada1

2 – Clique na opção Configurações de rede

conexaolimitada2

3 – Na janela que foi aberta clique em Wi-fi e depois na rede que você deseja configurar como limitada e em seguida clique em Opções avançadas logo abaixo.

conexaolimitada5

4 – Na página que foi aberta, deixe a opção “Definir como conexão limitada” ligada

conexaolimitada7

Pronto, a partir de agora o Windows vai diminuir o uso de dados de sua conexão, e você terá assim um maior controle sobre o que é gasto no seu plano.

O primeiro celular da história

[tweetmeme]Há quem se sinta nú sem ele, e que ache a morte ao ficar sem bateria. O fato é que os celulares são hoje um objeto de importância singular no mundo inteiro, seja para lazer ou trabalho. Mas você sabia que foram necessários mais de 50 anos para você ter esse aparelho em suas mãos?

A tecnologia necessária para desenvolver o primeiro celular propriamente dito foi criada em 16 de outubro de 1956, e o telefone móvel com essa tecnologia em 3 de abril de 1973, mas muita coisa aconteceu antes desse lançamento.

Ericsson MTA, considerado o primeiro telefone celular (Foto: Divulgação)
Ericsson MTA, considerado o primeiro telefone celular

Brasileiros usam mais iPad e tablets Android que os norte americanos

Nesta quinta-feira foi publicado o resultado de uma pesquisa realizada pela empresa comScore, especializada em pesquisas de mercado, apontando que, apesar do valor altíssimo que pagamos por qualquer gadget aqui, em terras tupiniquins, somos um dos que mais utilizam os gadgets móveis para acessar a Internet, tanto nos tablets quanto nos smartphones, de qualquer marca.

iPad (Foto: Blog do iPhone)

O resultado mostra que o mundo caminha lentamente para um maior acesso à Internet móvel, feita por tablets e smartphones, do que para o acesso fixo, que temos em casa.

A pesquisa revelou também que, mesmo com outras marcas surgindo no mercado mundial, com tablets rodando Android, o acesso do iPad ainda é líder no Brasil: em maio de 2011 os brasileiros representaram 31,8% do acesso a internet feito a partir de um iPad (independentemente do modelo), seguido por 1,6% em tablets com Android.

No lado dos smartphones, o Google aparece de forma mais substancial no consumo de dados, com 11,7% dos acessos, contra 21% feito por iPhones e 17,3% por “feature phones” (celulares mais simples, desses que não são smartphones).

Em números gerais, nós usamos mais o acesso móvel que alguns países onde a conexão e o custo do aparelho são extremamente mais baratos, como os Estados Unidos, Inglaterra, Espanha e Alemanha. Perdemos apenas para os canadenses.

De todo este acesso de internet por meios móveis, a maioria, no entanto, ainda está fixa em uma conexão Wi-Fi. Quem tem um iPhone entra menos na internet 3G do que tem um Android, o que chama muita atenção, já que os aparelho com Android são bem mais baratos.

O acesso por redes sem fio (Wi-Fi) foi apontado com 47,5% dos proprietários de iPhone e 21,7% dos donos de Androids. Já no 3G o pessoal com Android acessou a internet em 78,3% das vezes, contra 52,5% de quem tem um iPhone.

Nos tablets a situação é a mesma, pois 91,9% da conexão por iPads foi feita em redes Wi-Fi, contra apenas 8,1% em 3G. Quem tem Android acessou 65,2% a internet em redes Wi-Fi e 34,8% nas redes 3G.

Você pode ler o relatório completo da comScore clicando aqui.

É pessoal os brasileiros estão bem de bolso!

Via TechTudo

Entendendo as diferenças entre as redes 3G e 4G

O TechTudo fez um comparativo legal sobre a tecnlogia móvel 3G e a tecnologia 4G que logo deve chegar ao Brasil, bom assim esperamos né! Chega de papo e vamos ao artigo da Colunista Daniele Monteiro:

Os celulares evoluem com uma velocidade impressionante. Para acompanhar tal desenvolvimento, as redes móveis devem evoluir juntas, muitas vezes até mais rápido que os hardwares dos celulares. Mas você sabe qual é a diferença entre 3G e 4G?

Motorola Photon 4G, smartphone com rede 4G (Foto: Divulgação)
Motorola Photon 4G, smartphone com rede 4G

Continue Lendo